Tripanossomíase o “Mal das Cadeiras” em Equinos

Tripanossomíase-o-“Mal-das-Cadeiras”-em-Equinos

Tripanossomíase é uma infecção que afeta equinos, também conhecida como “Mal das cadeiras” ou “Surra”, é causada pelo protozoário Trypanosoma evansi.

Epidemiologia:

Tem ampla distribuição, sendo encontrada na maioria das áreas tropicais e subtropicais do mundo. No Brasil é endêmica em várias regiões, principalmente no Pantanal, onde o seu principal vetor (mecânico) se encontra em abundância, os Tabanídeos, conhecidos popularmente como “Mutucas”.

Várias espécies de mamíferos podem ser acometidas pela espécie T. evansi, como as capivaras e os cães (ECHEVERRIA et al., 2019).

Há casos raros de infecção por essa espécie de parasita em humanos, em alguns países africanos.

Transmissão da Tripanossomíase:

Vetores: Tabanídeos (“Mutucas”)

Via Mecânica:

  • Picada de insetos hematófagos;
  • Agulhas contaminadas.

Sintomas:

  • Rápida perda de peso;
  • Anemia;
  • Febre intermitente;
  • Uveíte/opacidade de córnea;
  • Edema de membros posteriores;
  • Fraqueza progressiva;
  • Distúrbios locomotores;
  • Distúrbios neurológicos.

Obs.: Em equinos os sintomas são mais graves e levam muitas vezes ao óbito.

Diagnóstico:

Clínico, com base na anamnese, sinais clínicos, histórico e exames complementares.

Exames: Teste do Microhematócrito, pesquisa direta e PCR (Reação em Cadeia da Polimerase). 

Tratamento:

Deve-se consultar um Médico (a) Veterinário (a), para solicitação de exames e avaliação do estado clínico do paciente. O tratamento e controle da doença é realizado por meio do controle do parasita (formas tripomastigotas) no animal, pois o controle do vetor ainda não é uma realidade à campo. Os medicamentos utilizados nos animais acometidos são de suporte e combate ao protozoário.

Prevenção:

  • Controle da movimentação de animais;
  • Realizar exames periódicos nos equinos;
  • Não reutilizar agulhas.

Curiosidades:

Você sabia que o T. evansi é muito semelhante geneticamente com a espécie Trypanosoma brucei?  Ambas as espécies são de origem do continente africano. O T. brucei é conhecido por provocar “Doença do Sono” em humanos e “Nagana” em bovinos (uma das várias espécies africanas de tripanossomas).

REFERÊNCIAS

ECHEVERRIA, J.T.;  SOARES, R.L.; CREPALDI, B.A.; DE OLIVEIRA, G.G.;  DA SILVA, P.M.P.; PUPIN, R.C.; MARTINS, T.B.; CLEVELAND, H.P.K.; RAMOS, C.A.N.; BORGES, F.A. Clinical and therapeutic aspects of an outbreak of canine trypanosomiasis. Braz. J. Vet. Parasitol., v. 28, n. 2, p. 320-324, 2019.

Autor(a) deste post:

Compartilhe este post

Artigos Recentes:

Você também pode gostar de: